Rio24Horas

Rio24horas@gmail.com

  • Blogs Parceiros



  • Parceiros



Prefeitura realiza operação de choque de ordem na ‘cracolândia’, no Jacarezinho

Posted by victorsxavier em abril 8, 2009

crackolandia-crack-menores

A prefeitura realizou nesta quarta-feira uma operação de choque de ordem no local conhecido como cracolândia, na Favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. Pelo menos 60 pessoas, entre elas menores de idade, foram detidas na ação, que derrubou barracos usados para o tráfico de entorpecentes no local. Os moradores deviam pagar até R$ 15 por dia para os criminosos.

choque-de-ordem-na-cracolandia1

Os barracos ficavam sob o viaduto, num dos acessos à favela. Durante a demolição, foi encontrada uma réplica de uma arma escondida em um barraco. O proprietário não quis informar dados pessoais à polícia e discutiu com agentes. Ele foi detido por desacato à autoridade. Na porta de na porta de alguns barracos, havia a sigla da facção criminosa que comanda o tráfico na comunidade.

De acordo com o secretário de Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, a área é usada pelo tráfico para a prostituição de menores.

cracolandia

– São crianças e adolescentes que se prostituem na região com o intuito de pagar pelo vício de crack. Alguns imóveis demolidos embaixo do viaduto serviam de prostíbulo para essa juventude – afirmou Bethlem.

O delegado Fábio Cardoso, coordenador da secretaria de Ordem Pública, confirmou que o local servia de ponto de prostituição de menores.

demolicao-de-barracos

– A operação foi planejada em parceria com a DPCA e a Polícia Militar a partir de denúncias sobre menores que estariam no local praticando furtos e se prostituindo – afirmou em entrevista à Rádio CBN.

Ainda de acordo com o delegado, a prefeitura deve manter fiscalizações constantes no local para evitar que novos barracos sejam instalados na região.

Moradores que tiveram seus barracos derrubados na ação ficaram revoltados. Segundo agentes que participaram da operação, eles estariam pagando aluguel aos traficantes da região. Apesar disso, segundo o secretário de Ordem Pública, os moradores que tiveram seus barracos derrubados na ação vão receber auxílio aluguel da Prefeitura do Rio.

menores-do-crack

Barracos comerciais também foram demolidos. De acordo com a Rádio CBN, um comerciante que fazia conserto de eletrodomésticos estava desesperado. Hélio Mendes da Silva, de 60 anos, disse que não tinha como pagar o material dos clientes, que foram destruídos na operação e temia represália dos traficantes do Jacarezinho.

– O material é da população, da comunidade. O pessoal não vai querer perder o mateiral. Só Deus é quem pode me proteger – desabafou.

menores-da-cracolandia-no-jacarezinho

Um barraco que vendia esquadrias de alumínio não pôde ser derrubado porque o proprietário apresentou alvará da prefeitura, concedido em 2004. Representantes da autal gestão disseram, no entanto, que vão pedir a cassação do alvará. Por causa da operação da prefeitura, o trânsito nas avenidas dos Democráticos, Dom Hélder Câmara e na Linha Amarela ficou confuso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: