Rio24Horas

Rio24horas@gmail.com

  • Blogs Parceiros



  • Parceiros



Corrupção no Fluminense : Operação Thiago Silva

Posted by victorsxavier em novembro 25, 2009

 

 

O Fluminense foi roubado na transação de Thiago Silva para o Milan.Descobrimos exatamente como aconteceu o golpe.Roberto Horcades (presidente do Flu), Leonardo (Milan) e a CBF são partes ativas neste esquema. O Milan anunciou, oficialmente, que pagou 10 milhões de Euros para o Fluminense, pelos direitos do atleta, em janeiro de 2009.Contou apenas uma meia-verdade.Segundo o BID, documento oficial da CBF, o contrato de Thiago Silva com o Fluminense teve início em 10/01/2007, encerrando-se, definitivamente, em 31/12/2008. O atleta foi inscrito, então, no obscuro TOMBENSE FC, da 3ª divisão mineira, clube frequentemente utilizado pelo empresário Eduardo Uran, para registrar jogadores, e realizar suas transações.O contrato iniciou em 02/01/2009,  terminando em 01/01/2011. Diferente do anunciado pela equipe italiana, a rescisão deste contrato, com o TOMBENSE, aconteceu apenas em 02/07/2009. Um dia depois, Thiago Silva foi registrado no Milan, no dia 03/07/2009.

A equipe italiana, na verdade, pagou os 10 milhões de Euros para o português Jorge Mendes, ligado ao empresário Carlos Leite, através de sua empresa, a GESTIFUTE. Foi o atual treinador do Milan, então gerente de futebol, o ex-jogador Leonardo, que liberou o pagamento, evidentemente, sabendo com quem negociava. Este dinheiro NUNCA entrou no caixa do Fluminense. O TOMBENSE foi utilizado, com o perdão do trocadilho, para que Jorge Mendes, seus parceiros, e Roberto Horcades, aplicassem um “tombo” na equipe carioca. Outra situação mal explicada são as convocações de Thiago Silva para a Seleção Brasileira, exatamente neste período de negociação. Sabemos que Ricardo Teixeira, presidente da CBF, é paciente, além de grande amigo do Dr. Horcades, que um dia lhe concedeu atestado médico para que pudesse não depor na CPI do futebol.

Você confere abaixo, em documento oficial da CBF, contrariando o seu próprio BID (outro documento oficial), que Thiago Silva é convocado para a Seleção, para as partidas contra o Equador (29/03) e Perú (01/04), como atleta do Milan, sendo que a equipe italiana apenas adquiriu seus direitos pouco mais de três meses depois. Neste documento você observa que o clube “anterior” de Thiago Silva é o Fluminense, quando na verdade, era o TOMBENSE.

http://www.cbf.com.br/pdf/perfil_equador_peru09.pdf

Confira agora o BID da entidade, prova oficial, de toda a irregularidade.

http://www.cbf.com.br/php/registro.php?i=156993

Demonstrando clara conivência da CBF com a irregularidade.

O caso realmente é grave, e terá que ser explicado pelas pessoas citadas.

By Paulinho
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: