Rio24Horas

Rio24horas@gmail.com

  • Blogs Parceiros



  • Parceiros



Cabral diz que é cedo para pensar em mudanças no Bilhete Único

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

O governador Sérgio Cabral afirmou, em entrevista ao programa “CBN Rio” na manhã desta terça-feira, que ainda é cedo para pensar em mudanças no Bilhete Único. Nesta segunda, o primeiro dia útil de funcionamento do sistema, passageiros não conseguiram usar dois meios de transporte pagando a tarifa de R$ 4,40. Os contratempos aconteceram principalmente na estação das barcas, que fazem o trajeto Niterói-Rio.

– Vamos deixar passar mais um tempo, vamos analisar o sistema. Contratamos uma auditoria, e a FGV está acompanhando. Um, dois dias ainda é muito pouco tempo. Ontem e hoje foram milhares de pessoas usando – afirmou o governador.

Questionado sobre o período de duas horas que os passageiros têm para embarcar no segundo transporte (que está sendo considerado curto em função dos engarrafamentos da cidade), Cabral afirmou que a maioria dos usuários não enfrenta este problema:

– Qual é o percentual de pessoas que vai ficar fora das duas horas? Vai ter um percentual. Um estudo do Banco Mundial mostra que, com duas horas, nós estamos atendendo a, no mínimo, 80% dos moradores do Grande Rio e da Região Metropolitana. Meu sonho é que a integração fosse ilimitada, três, quatro ônibus e horário ilimitado, mas não dá ainda. No Brasil, isso não existe ainda.

No entanto, na segunda-feira, o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, disse que o tempo limite permitido entre os embarques pode ser ampliado.

– O governador gostaria de dar três viagens ou três horas ao usuário, mas o orçamento do estado não permite. Poderemos fazer isso pontualmente, nos casos em que seja absolutamente necessário. O objetivo é atender a população mais pobre, que mora mais longe. Estamos com problemas pontuais nesta segunda-feira, mas temos agora um dos maiores programas de controle de transporte urbano do mundo. Hoje, aqui na estação das barcas em Niterói, tivemos quatro probleminhas. Os usuários já foram identificados e serão ressarcidos – garantiu o secretário, em entrevista ao “CBN Rio” de segunda.

O secretário considerou também a possibilidade de mudanças nas regras para os passageiros cujos roteiros de ônibus passam por pontos congestionados.

– Identificando pontos de estrangulamento, poderemos intervir naquela rota e aumentar o tempo do beneficio pontualmente até que o estado um dia tenha recursos para ampliar genericamente para três horas e até três viagens – disse.

Cabral afirmou ainda que o Bilhete Único promoverá um desinchaço do sistema metropolitano e promoverá mais qualidade de vida para a população. O governador ressaltou que, sempre que o estado não cumpre o seu papel, o poder paralelo o faz, numa referência ao transporte irregular de vans.

fonte: globo online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: