Rio24Horas

Rio24horas@gmail.com

  • Blogs Parceiros



  • Parceiros



PF recebe denúncia, mas ‘bandidos’ eram meninos brincando de polícia e ladrão

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

Uma brincadeira de criança mobilizou ontem a Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, e por pouco não acabou em tragédia. Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes foram checar denúncia de que traficantes da Providência, armados com fuzis, estariam reunidos em um terreno abandonado, ao lado de um condomínio, próximo à Cidade do Samba, na Gamboa. Mas, na verdade, o grupo de ‘traficantes’ nada mais era do que 18 meninos, com armas de madeira, brincando de polícia e ladrão.

“Por pouco não acabou em tragédia. A 20 metros de distância não dava para perceber que as armas eram réplicas. Se alguém tivesse atirado, poderia ter acontecido uma tragédia com uma dessas crianças”, disse um dos agentes.

A brincadeira, aparentemente inofensiva, assustou moradores e pessoas que passavam na região, já que os meninos atravessaram ruas segurando as armas e pedaços de pau. Mas, antes de saber que tudo não passava de um mal-entendido, os agentes cercaram o local e chegaram a pedir reforço policial. Até que a confusão fosse esclarecida, os policiais se viram apontando armas para jovens, com idades entre 10 e 17 anos.

Assustados, os meninos contaram que estavam só “treinando emboscada” e foram liberados pelos policiais quando as mães foram buscá-los. “Tudo indica que estavam brincando. Realmente estranhamos o fato de terem dito que estavam treinando. Não é normal dizer isso, mas não dá para ligá-los ao tráfico”, explicou um policial.

Helicópteros e tiros de ficção movimentam o Santa Marta

Os moradores de Botafogo acordaram ontem ao som de tiros e de helicópteros pretos que sobrevoavam o Morro Santa Marta. A movimentação fez muitos acharem que, depois de mais de um ano da chegada da Unidade de Polícia Pacificadora, a paz na comunidade havia chegado ao fim. Mas o que parecia a volta dos antigos confrontos entre traficantes e policiais era apenas a gravação de cenas do filme ‘Tropa de Elite 2’.

As filmagens, que começaram por volta das 6h, duraram quase 12 horas. Foram utilizados dois helicópteros, um deles para gravar as cenas e outro que era filmado em ação. Ao todo, mais de 100 pessoas estavam no set, entre atores e figurantes, alguns selecionados entre moradores da região. O realismo foi tanto muita gente se assustou.

“Achamos que era uma operação de verdade. Foram muitos sons de tiros e também dos helicópteros”, afirmou o estofador Magno Leonan, 33 anos.

A cena mostra uma ocupação das polícias Civil e Militar no morro e que é comandada pelo protagonista do filme, o Capitão Nascimento, interpretado por Wagner Moura.

fonte: odia online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: