Rio24Horas

Rio24horas@gmail.com

  • Blogs Parceiros



  • Parceiros



.:: ASSINE PELO RIO ::.

Posted by victorsxavier em março 19, 2010

.:: ASSINE PELO RIO ::..

Posted in Geral | Leave a Comment »

Líder do Nós do Morro (projeto social no morro do vidigal), é achado morto.

Posted by victorsxavier em fevereiro 11, 2010

Um dos diretores e fundadores do grupo Nós do Morro, José Frederico Pinheiro, de 57 anos, foi encontrado morto na manhã de quarta-feira numa rua, no Horto, Zona Sul do Rio. Ele tinha a garganta cortada provavelmente por um estilete deixado junto ao corpo. Fred deixou mulher e uma filha de 17 anos. O caso foi registrado pela 15ª DP (Gávea) e imediatamente transferido para a nova Delegacia de Homicídios, na Barra da Tijuca.

– Estamos todos inconsoláveis – afirmou o diretor do Nós do Morro, Guti Fraga, acrescentando que os policiais da Delegacia de Homicídios manifestaram o maior empenho na investigação.

O diretor-executivo do AfroReggae, José Júnior, disse que ficou chocado com a notícia e imediatamente manifestou solidariedade aos amigos do Nós do Morro.

O Grupo Nós do Morro é uma associação cultural sem fins lucrativos fundada em 1986 com objetivo levar arte e cultura para a população do Morro do Vidigal. Integrantes do grupo participaram de filmes como “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite”. Com seus grupos de atores e oficinas, a sua ação cultural obteve o reconhecimento da crítica e do governo brasileiro. Cerca de 90% dos beneficiários do programa oferecido pelo Nós do Morro são crianças e jovens que têm como pré-requisito freqüentarem a escola.

O corpo será enterrado esta tarde no Cemitério São João Batista, em Botafogo. Ele será velado a partir das 15h30 na capela 7 do cemitério.

A Nova Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro


Desde segunda-feira, quando a divisão começou a funcionar, oito locais de assassinato foram analisados pelo olhar minucioso da nova estrutura. Um laptop dá agilidade ao trabalho da perícia e os policiais militares não precisam mais ‘guardar’ o corpo — muitas vezes por mais de seis horas — até o momento de se desfazer a cena do crime.

Em torno do corpo do produtor teatral José Frederico Canto Pinheiro, 58 anos, a equipe se dividiu: dois peritos e seus assistentes revistaram os bolsos da vítima, fizeram medições do espaço com uma fita métrica, tiraram fotos, fizeram filmagens e recolheram tudo o que pudesse ser prova em sacos plásticos com a descrição do material. Discutiram, ainda, a provável posição de José Frederico e os golpes do assassino, que usou um estilete para cortar o pescoço da vítima, possivelmente segurando-o por trás. Enquanto isso, o papiloscopista usava um pó específico e um mini espanador para identificar digitais.

Com um laptop, um dos delegados relacionava no inquérito todas as peças e informações dadas pelos peritos. Ligado ao banco de dados da Polícia Civil, ele conseguiu verificar que a família do produtor teatral havia feito registro de ocorrência de desaparecimento na 15ª DP (Gávea), terça-feira, dia 9, por volta das 21 horas. José Frederico, morador da Gávea e responsável por um projeto de teatro no Morro do Vidigal, estaria desaparecido desde o dia anterior.

A perícia durou duas horas e o rabecão do Corpo de Bombeiros já estava à espera da liberação do corpo. Os bombeiros de plantão até trocaram telefones particulares com os policiais da equipe para facilitar o contato. Por causa do laptop, a guia de remoção foi feita na hora e economizou o tempo dos bombeiros, que normalmente deveriam buscar o documento na delegacia mais próxima. Uma equipe de investigadores ainda circulou pela rua à procura de câmeras que pudessem ter flagrado alguém subindo a Rua Pacheco Leão com José Frederico.

Segundo o diretor da Divisão de Homicídios, delegado Felipe Ettore, os agentes precisam estar atentos para desvendar e interpretar as características de uma cena de crime, como pegadas no chão, guimbas de cigarro espalhadas, manchas de sangue ou fios de cabelo. “Tudo precisa ser recolhido para análise no laboratório. Queremos encontrar os autores e indiciá-los o mais rapidamente possível”, disse.

Canhão de luz acha sangue e até esperma

Um dos equipamentos mais modernos da divisão ainda não foi inaugurado. Trata-se do ‘crimescoop’, um canhão de luz capaz de identificar no ambiente manchas de sangue e até esperma, mesmo num local que tenha sido limpo. É coisa de filme. Mas a promessa é de transformar em realidade o que até então só se via mesmo na TV. Com óculos especiais, os policiais poderão visualizar esses indícios nas cenas de crimes e armazená-los em lâminas de vidro ou com algodão em tubos de ensaio.

Para ambientes fechados e perícias que precisem de mais tempo de trabalho, como numa chacina, por exemplo, um microônibus será usado pelo grupo. “Ele possui um gerador capaz de dar claridade à cena de um crime como se fosse luz do dia. Dentro dele seguem todos os equipamentos necessários e até detector de metais, para que a gente possa procurar armas enterradas, por exemplo”, explicou o diretor da Divisão de Homicídios, delegado Felipe Ettore.

Comunicação rápida pode fazer diferença

O programa ainda está sendo ajustado. Um dos detalhes mais importantes é a ligação rápida para a Divisão de Homicídios. Ontem, o corpo de José Frederico foi encontrado às 6h50 por um guarda municipal. Ele ligou para o 190 da PM, que mandou uma viatura do 23º BPM (Leblon) para a Estrada Dona Castorina. Os PMs acionaram a 15ª DP (Gávea), que chegou ao local por volta das 9h. A Divisão de Homicídios foi acionada às 9h20.

“Estamos cobrindo toda a capital e por isso o trabalho tem que estar integrado. Os comandantes da Polícia Militar já foram avisados e logo todos os PMs, quando estiverem numa ocorrência como esta, vão avisar à Central de Comunicação da Polícia Civil, que vai chamar a divisão. Dividimos a cidade em seis áreas e temos policiais espalhados pelo Rio, trabalhando na rua. A meta é chegar em qualquer local de homicídio em até 20 minutos”, explicou o delegado Felipe Ettore.

A Divisão de Homicídios conta com 250 policiais, 120 deles recém formados na Academia de Polícia. De acordo com o delegado, 90% dos novos policiais passaram por treinamento especial para trabalhar na divisão. Há ainda seis peritos criminais, seis papiloscopistas e, diariamente, um médico Legista do Instituto médico legal (IML) acompanha a equipe.

– Mais informações sobre o trabalho social realizado pelo “Nós do Morro” – clique aqui.

fonte ogloboon/odiaon/próprioautor

Posted in Geral, Policial | 3 Comments »

Choque de Ordem prende 11 que urinavam nas ruas durante o desfile de blocos

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

Agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) prenderam 11 pessoas que urinavam nas ruas, neste fim de semana, durante o desfile dos blocos de rua do Carnaval 2010. Também neste fim de semana, a fiscalização desta secretaria bateu o recorde de reboques por toda a orla da cidade, 312 veículos.

Neste domingo, 31 de janeiro, durante o desfile de um bloco na Rua Visconde de Caravelas, em Botafogo, cinco mijões foram flagrados urinando em público e levados para a 10ª DP (Botafogo). Outros três mijões foram presos após estarem urinando na orla do Leblon. Eles foram conduzidos para a 14ª DP (Leblon).

No sábado, mais três mijões foram presos por agentes da Seop no desfile da Banda de Ipanema. Dois deles estava urinando na Praça General Osório, o outro, na Rua Prudente de Moraes esquina com Rua Garcia Dávila. Os três mijões foram levados para a 14ªDP (Leblon).

“Não será tolerado foliões urinando nas portas dos moradores. Isso é inadmissível. O número de banheiros químicos foi dobrado e os mijões que forem flagrados tendo tal atitude serão conduzidos para a delegacia da área”, afirmou Rodrigo Bethlem, secretário da Ordem Pública.

fonte: odia online

Posted in Cultura, Geral, Policial | Leave a Comment »

Transporte vertical do Alemão também poderá ser pago com o Bilhete Único

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

Os moradores do Complexo do Alemão vão poder pagar a passagem do teleférico, com inauguração prevista para setembro, com o Bilhete Único e até com lixo, numa espécie de tarifa ecológica. “Temos um projeto de coleta seletiva e a ideia é que esse lixo separado possa ser trocado por passagens pelos moradores”, anunciou o secretário estadual de Obras e governador em exercício, Luiz Fernando Pezão, que visitou as obras na comunidade, ontem de manhã.

Detalhes do projeto ainda estão em estudo, assim como o valor da passagem. Segundo o presidente da Empresa de Obras Públicas (Emop), Ícaro Moreno, 60% das obras já estão concluídas. Na Estação da Fazendinha, a 140 metros de altura, começou a instalação mecânica do sistema, que entrará em testes em junho.
A estação de Bonsucesso, onde haverá integração com o trem, será a primeira do circuito do teleférico. Na sequência, ficarão as estações Adeus, Baiana, Alemão, Itararé e Fazendinha, num percurso de 3,4 km, que será feito em cerca de 15 minutos. Em cada uma das seis estações haverá espaços para atendimento social, como um centro de apoio jurídico na Estação Alemão, um centro de serviços com correios e cursos profissionalizantes em Itararé e um centro cultural com biblioteca pública na Fazendinha.

O sistema terá 152 gôndolas movidas a energia elétrica, com capacidade para 10 pessoas — 8 sentadas e 2 em pé. A estimativa é que 30 mil pessoas, entre turistas e moradores da região, utilizem o teleférico todos os dias. A Emop faz, a pedido do governo, um projeto-piloto de reforma, incluindo pintura, das habitações no Alemão, a exemplo do que foi feito no Morro Santa Marta, em Botafogo.

Segurança em 5º lugar entre prioridades

Luiz Fernando Pezão disse que segurança está em 5º lugar na lista de prioridades no local. “Antes temos que dar educação, saúde e saneamento e trazer cidadania para essas pessoas”, afirmou ele, que também garantiu a chegada da UPP ao conjunto de favelas.

O governo do estado espera, com o teleférico, atrair mais turistas para o Alemão. O grupo AfroReggae vai treinar guias na região. O presidente do grupo, José Junior, diz que já há turismo no complexo. “Já recebemos 240 japoneses em um dia. A comunidade está muito otimista”, afirmou.

fonte: odia online

Posted in Cultura, Geral, Policial | Leave a Comment »

PF recebe denúncia, mas ‘bandidos’ eram meninos brincando de polícia e ladrão

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

Uma brincadeira de criança mobilizou ontem a Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, e por pouco não acabou em tragédia. Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes foram checar denúncia de que traficantes da Providência, armados com fuzis, estariam reunidos em um terreno abandonado, ao lado de um condomínio, próximo à Cidade do Samba, na Gamboa. Mas, na verdade, o grupo de ‘traficantes’ nada mais era do que 18 meninos, com armas de madeira, brincando de polícia e ladrão.

“Por pouco não acabou em tragédia. A 20 metros de distância não dava para perceber que as armas eram réplicas. Se alguém tivesse atirado, poderia ter acontecido uma tragédia com uma dessas crianças”, disse um dos agentes.

A brincadeira, aparentemente inofensiva, assustou moradores e pessoas que passavam na região, já que os meninos atravessaram ruas segurando as armas e pedaços de pau. Mas, antes de saber que tudo não passava de um mal-entendido, os agentes cercaram o local e chegaram a pedir reforço policial. Até que a confusão fosse esclarecida, os policiais se viram apontando armas para jovens, com idades entre 10 e 17 anos.

Assustados, os meninos contaram que estavam só “treinando emboscada” e foram liberados pelos policiais quando as mães foram buscá-los. “Tudo indica que estavam brincando. Realmente estranhamos o fato de terem dito que estavam treinando. Não é normal dizer isso, mas não dá para ligá-los ao tráfico”, explicou um policial.

Helicópteros e tiros de ficção movimentam o Santa Marta

Os moradores de Botafogo acordaram ontem ao som de tiros e de helicópteros pretos que sobrevoavam o Morro Santa Marta. A movimentação fez muitos acharem que, depois de mais de um ano da chegada da Unidade de Polícia Pacificadora, a paz na comunidade havia chegado ao fim. Mas o que parecia a volta dos antigos confrontos entre traficantes e policiais era apenas a gravação de cenas do filme ‘Tropa de Elite 2’.

As filmagens, que começaram por volta das 6h, duraram quase 12 horas. Foram utilizados dois helicópteros, um deles para gravar as cenas e outro que era filmado em ação. Ao todo, mais de 100 pessoas estavam no set, entre atores e figurantes, alguns selecionados entre moradores da região. O realismo foi tanto muita gente se assustou.

“Achamos que era uma operação de verdade. Foram muitos sons de tiros e também dos helicópteros”, afirmou o estofador Magno Leonan, 33 anos.

A cena mostra uma ocupação das polícias Civil e Militar no morro e que é comandada pelo protagonista do filme, o Capitão Nascimento, interpretado por Wagner Moura.

fonte: odia online

Posted in Geral, Policial | Leave a Comment »

Disque-Denúncia aumenta recompensa por informações que levem à prisão do chefe do tráfico da Rocinha

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

O Disque-Denúncia aumentou a recompensa por informações que levem à prisão do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, chefe do tráfico da Rocinha. O valor subiu de R$ 2 mil para R$ 5 mil. Somente em 2009, o serviço registrou 58 denúncias sobre o traficante. Nem é acusado de ter simulado a própria morte para tentar escapar do cerco da polícia. O golpe foi descoberto pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e revelado pelo “Fantástico”, da TV Globo. O médico que atestou o óbito do criminoso, Dalton Jorge, está preso por falsidade ideológica e associação ao tráfico. Ele revelou ter recebido R$ 150 para assinar o atestado sem ver o corpo.

No documento, o médico indica que o traficante morreu na Rua Major Rubens Vaz 170, na Gávea, endereço da 15ª DP (Gávea), justamente a delegacia responsável pelas investigações sobre a venda de drogas na Rocinha. O atestado tinha como causa da morte insuficiência renal e diabetes, o que evitaria que o corpo passasse pelo Instituto Médico-Legal (IML) para ser periciado.

De acordo com as investigações da DRFA, Nem pretendia ainda realizar um enterro rápido, sem velório, na última sexta-feira, às 16h15m, no Cemitério do Catumbi. O objetivo era se aposentar por causa de uma futura ocupação da Rocinha pela polícia.

Se o golpe fosse concluído, o bandido já teria pronta uma nova identidade, com a data de nascimento alterada em um dia, de 25 para 24 de maio de 1976, e com o nome de Antonio Lopes.

fonte: globo online

Posted in Geral, Policial | 1 Comment »

Criança morre a tiros durante briga entre seu padrasto e um vizinho em Itaboraí por dívida de R$ 30

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

A menina Talita Teixeira da Silva, de sete anos, morreu baleada na manhã desta segunda-feira, após uma discussão entre seu padrasto e um vizinho, em Itaboraí. A cobrança de uma dívida de R$ 30 teria sido o motivo da discussão entre os dois.

Segundo a polícia, Rafael Gabriel Correia, de 23 anos, foi até a casa de Renato Wallace, padrasto da menor, para cobrar a dívida. Armado, Rafael disparou um tiro que atingiu a orelha de Renato, quando este abriu a porta da casa. Renato fugiu do local com medo de morrer. Furioso, Rafael invadiu a residência e disparou mais um tiro, acertando a testa de Talita Teixeira. Rafael, que estava em liberdade condicional por assalto, fugiu logo após o crime.

O caso está sendo registrado na 71ª DP (Itaboraí).

fonte: globo online

Posted in Geral, Policial | Leave a Comment »

Cabral diz que é cedo para pensar em mudanças no Bilhete Único

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

O governador Sérgio Cabral afirmou, em entrevista ao programa “CBN Rio” na manhã desta terça-feira, que ainda é cedo para pensar em mudanças no Bilhete Único. Nesta segunda, o primeiro dia útil de funcionamento do sistema, passageiros não conseguiram usar dois meios de transporte pagando a tarifa de R$ 4,40. Os contratempos aconteceram principalmente na estação das barcas, que fazem o trajeto Niterói-Rio.

– Vamos deixar passar mais um tempo, vamos analisar o sistema. Contratamos uma auditoria, e a FGV está acompanhando. Um, dois dias ainda é muito pouco tempo. Ontem e hoje foram milhares de pessoas usando – afirmou o governador.

Questionado sobre o período de duas horas que os passageiros têm para embarcar no segundo transporte (que está sendo considerado curto em função dos engarrafamentos da cidade), Cabral afirmou que a maioria dos usuários não enfrenta este problema:

– Qual é o percentual de pessoas que vai ficar fora das duas horas? Vai ter um percentual. Um estudo do Banco Mundial mostra que, com duas horas, nós estamos atendendo a, no mínimo, 80% dos moradores do Grande Rio e da Região Metropolitana. Meu sonho é que a integração fosse ilimitada, três, quatro ônibus e horário ilimitado, mas não dá ainda. No Brasil, isso não existe ainda.

No entanto, na segunda-feira, o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, disse que o tempo limite permitido entre os embarques pode ser ampliado.

– O governador gostaria de dar três viagens ou três horas ao usuário, mas o orçamento do estado não permite. Poderemos fazer isso pontualmente, nos casos em que seja absolutamente necessário. O objetivo é atender a população mais pobre, que mora mais longe. Estamos com problemas pontuais nesta segunda-feira, mas temos agora um dos maiores programas de controle de transporte urbano do mundo. Hoje, aqui na estação das barcas em Niterói, tivemos quatro probleminhas. Os usuários já foram identificados e serão ressarcidos – garantiu o secretário, em entrevista ao “CBN Rio” de segunda.

O secretário considerou também a possibilidade de mudanças nas regras para os passageiros cujos roteiros de ônibus passam por pontos congestionados.

– Identificando pontos de estrangulamento, poderemos intervir naquela rota e aumentar o tempo do beneficio pontualmente até que o estado um dia tenha recursos para ampliar genericamente para três horas e até três viagens – disse.

Cabral afirmou ainda que o Bilhete Único promoverá um desinchaço do sistema metropolitano e promoverá mais qualidade de vida para a população. O governador ressaltou que, sempre que o estado não cumpre o seu papel, o poder paralelo o faz, numa referência ao transporte irregular de vans.

fonte: globo online

Posted in Geral | Leave a Comment »

Briga de vizinhos no Jardim Botânico acaba em tentativa de homicídio

Posted by victorsxavier em fevereiro 2, 2010

Uma discussão entre vizinhos acabou em tiros na Rua Artur Ribeiro, no Jardim Botânico, na manhã desta segunda-feira. Benedito Jacob Rodrigues Júnior, de 74 anos, atirou quatro vezes contra o empresário João Luiz Ramos Coelho depois que os dois se atracaram no corredor do prédio. João foi baleado de raspão no joelho e pediu ajuda à Polícia Militar. Na delegacia, a vítima contou que o desentendimento entre os dois é antigo, mas que não acreditou quando o vizinho, no meio da discussão, correu para pegar o revólver. O empresário e o atirador, que tinha um corte na testa devido à briga, foram medicados no Hospital Miguel Couto elevados para a 15ª DP (Gávea). Benedito foi autuado por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma e será encaminhado para a Polinter.

fonte: globo online

Posted in Geral, Policial | Leave a Comment »

O Rio de Janeiro continua Lindo! Fotos do Rio antigo e cidades do interior!

Posted by victorsxavier em janeiro 18, 2010

O Rio de Janeiro continua Lindo!

Vejam esses dois links i-m-p-e-r-d-í-v-e-i-s da cidade e estado do Rio de Janeiro!

O Primeiro é sobre o Rio antigo e o segundo sobre as cidades do Estado…

RioAntigo

Rio – Estado

Posted in Cultura, Geral | 4 Comments »